terça-feira, 25 de março de 2014

10 coisas que só posso dizer de nós 10 anos depois.

Era dia 25/03/2004.
Recebi uma mensagem de um cara que tinha conhecido na noite anterior.
Bonito.
Não rolou nada na ocasião, mas deixei o telefone com ele mesmo assim. Bem interessante.
Negro, alto e cara de metido. Combinação perfeita.
Saímos pra conversar, e esse papo dura 10 anos.

Pois é, hoje é nosso aniversário de casamento.
Os céticos dirão: "Mas tu não casou com ele no primeiro encontro! Balela!".

Eu respondo: "Sim. Eu soube que queria dividir uma vida com ele naquele momento."

Eu não sabia que seria uma vida tão duradoura, nunca fui de relacionamentos longos. Mas tive vontade de ficar com ele, por muito tempo. E ainda tenho. E enquanto essa vontade durar, estaremos casados. Casados com a alma. Por que não preciso de nenhum deus ou juiz pra validar algo que aquece meu coração.

Para comemorar, celebrar e homenagear esse dia, eu resolvi fazer uma lista. Número redondo pede uma efeméride, então pensei em listar as 10 coisas que só posso dizer de nós 10 anos depois.

#1
Aprendi a ser gentil.

#2
Converti um "anti-cotas" num defensor das cotas.

#3
Descobri que compartilhar um gosto musical é importante, mas não essencial.
Continuo curtindo Raça Negra, apesar dele detestar.
E agora me lembrei de uma, aumenta o som!

♫ ♬"Adoro seus carinhos, adoro os seus beijos"♫ ♬
#4
E por falar em gosto musical, descobri que uma mesma pessoa pode gostar de Linkin Park, Creed e Oswaldo Montenegro!
Cada vez que toca Bandolins no rádio do carro eu penso em divórcio... é sério...

#5
Ele sabe cozinhar. Muito bem e se diverte com isso. E eu acho sexy.

#6
Descobri que sexo é muito melhor com amor. Amor de verdade.

#7
Entendi que um relacionamento pode e deve ser construído diariamente. Que ele não será perfeito sempre. Mas a essência deve permanecer. Que amar requer dedicação e paciência.

#8
Dividir algumas paixões é fundamental. Jogar basquete juntos, ou melhor, gostar de jogar basquete. Porque juntos dá briga! <3

#9
Entendi que ser independente não requer solidão. É possível sonhar junto, realizar junto e manter-se individual.

#10
Para fechar, mais uma música. A minha musa nunca contou porque pedi segredo, mas fui eu que escrevi essa música! É tão eu! É tão nós!


I don't know why you love me
And that's why I love you
Catch me when I fall
Accept me flaws and all
And that's why I love you
And that's why I love you
And that's why I love you

I neglect you when I'm working
When I need attention I tend to nag
I'm a host of imperfection
And you see past all that

Flaws and all - Beyoncé

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Já achei que....